Dor no Corpo Todo: 5 Plantas Medicinais com efeito analgésico.

Saiba quais plantas medicinais podem criar remédios naturais para você lidar com a dor no corpo todo em nosso texto.

Quando sentimos dor no corpo todo ou, de modo geral, qualquer dor física, podemos nos sentir tentados a usar algum remédio para que a dor diminua ou acabe.

A televisão e outras mídias costumam nos trazer propagandas de analgésicos sintéticos que podem provocar inúmeros efeitos colaterais para nosso organismo.

A medicina natural, por outro lado, é uma opção que oferece menos riscos ao trazer elementos que podem ser mais facilmente absorvidos pelo nosso corpo.

 

Drogas para tratar a dor no corpo todo

Remédios sintéticos são algumas das opções mais consumidas atualmente para lidar com dor no corpo todo.

A medicina alopática, por exemplo, costuma utilizar analgésicos opióides para diminuir a sensação de dor em pacientes que se submetem a cirurgia e outros tratamentos invasivos.

Esse tipo de medicação produz uma tolerância com o tempo de uso, além de criar uma dependência química com a medicação.

No entanto, a própria ciência vem investigando as propriedades analgésicas de diversas plantas medicinais do Brasil e do mundo em busca de soluções menos violentas para nosso corpo.

Plantas medicinais e receitas naturais

O que é bom para a dor no corpo todo?

As ervas medicinais são recursos importantes e que vêm sendo estudados para investigar e comprovar seus efeitos terapêuticos para o alívio da dor.

As plantas medicinais são tradicionalmente reconhecidas como importantes fontes terapêuticas pelo ser humano, e todo mundo parece conhecer uma ou outra receita caseira.

Atualmente, devido à facilidade de acesso a esses medicamentos, há grande foco no seu uso e pesquisa.

SOS Plantas Medicinais

Fitoterapia racional para tratar da dor no corpo todo

A utilização de um remédio para dor no corpo todo não é um processo tão simples como pode parecer à primeira vista quando se fala em medicina natural.

A fitoterapia racional faz uso de um diagnóstico que leva em consideração toda a estrutura do corpo e a relação de seus sistemas.

Para a indicação de um remédio natural é feita uma cuidadosa avaliação prévia, onde se considera a pessoa e a posologia, duração e contraindicações de cada planta medicinal para dada situação.

Na fitoterapia racional o diagnóstico compreensivo é feito com base nos níveis de densidade dos sintomas, desde o mais sutil, que estaria na dimensão dos pensamentos, até o nível mais denso, da ação e dos órgãos mais densos.

O conhecimento dos aspectos de cada sistema é essencial para a realização de um diagnóstico preciso.

Além disso, é sempre bom lembrar que mesmo sendo receitas com componentes naturais eles não estão livres de efeitos adversos.

Cuidados com plantas medicinais

O reconhecimento de plantas medicinais assim como seu preparo são essenciais quando se pensa em tratamento para dor no corpo todo.

Nesse aspecto também é preciso ter cuidado na administração de remédios naturais: uma medida a mais pode ser a diferença entre o antídoto e o veneno.

Outra indicação comum é a de que uma planta medicinal não deve ser usada por muito tempo, de forma ininterrupta.

O seu uso pode ser feito durante uma semana, enquanto a pessoa fica atenta às reações adversas- que devem orientar a manutenção ou alteração da posologia e/ou aplicação do medicamento.

Recomenda-se atenção com sua sensibilidade específica, afinal somos seres únicos, o que inclui diferentes características, por isso a menor dosagem costuma ser a recomendada no início do tratamento.

Vamos ver agora algumas das plantas medicinais que são usadas para tratar da dor no corpo todo.

Alcaçuz

O alcaçuz também é conhecido como pau doce e tem um sabor semelhante ao anis ou a erva-doce.

A sua raiz em pó é doce e, por isso, também é conhecida popularmente como raiz doce.

São os fitoquímicos presentes na raiz de alcaçuz que oferecem um efeito analgésico ao corpo todo.

A decocção (um preparo através da fervura- aqui pensada para extração dos princípios ativos da planta medicinal) feita com a raiz de alcaçuz alivia dores musculares.

O chá de alcaçuz é outro uso para a planta, destinado a tratar da dor de garganta.

Hortelã

As folhas de hortelã são mais do que um tempero ancestral, elas fazem parte de remédios naturais para diminuir a dor no corpo todo.

A hortelã às vezes é confundida com a menta. Ambas as plantas fazem parte da mesma família e como outras espécies no grupo pode haver cruzamento regional aumentando a variação dessas espécies.

Para identificá-las você pode reparar nas suas folhas: a folha da hortelã tem a aparência mais áspera, com um verde-escuro mais intenso e um caule mais arroxeado.

Por outro lado, a menta geralmente exibe uma folha mais lisa e mais angulosa.

Há muito tempo a erva Hyptis crenata, conhecida como hortelã-brava e salva-de-marajó, vem sendo utilizada na nossa medicina popular para tratar males como dores de cabeça e de estômago.

O chá de hortelã é bom contra indigestão e dor estomacal além de ser um analgésico natural.

Mesmo os cientistas já sabem que seguindo as indicações da medicina popular essa planta medicinal é tão eficaz quanto uma aspirina sintética para o alívio da dor.

O método mais comum de uso da hortelã é como chá.

Após fervura das folhas secas em água por 30 minutos aguarda-se que o líquido esfrie antes de bebê-lo.

Valeriana

A valeriana além de combater a ansiedade, sua indicação mais famosa, também pode ajudar a diminuir a dor no corpo todo.

As raízes da valeriana podem ser usadas para preparados como o chá (por infusão ou decocção).

Essa planta medicinal também pode ser utilizada para cuidar da dor no corpo todo através de outras formulações.

Uma dessas maneiras é como a alcoolatura (um processo de extração dos princípios ativos da planta com álcool) do pó das raízes, tintura ou extrato fluído mas, para maiores detalhes é recomendável que você consulte um naturólogo ou um fitoterapeuta.]

Nabo

O nabo tem propriedades terapêuticas e pode atuar em distúrbios respiratórios, renais, cutâneos, digestivos e articulares.

Alguns estudos afirmam que o extrato de nabo tem propriedades anti-alérgicas, anti-inflamatórias, antimicrobianas e anticâncer.

As substâncias ativas encontradas nesta planta e que são usadas para diferentes tratamentos são: riboflavina, fenóis, flavonóides, ácido ascórbico, vitaminas e potássio.

Essa raiz tem um excelente efeito analgésico, sedativo e expectorante.

Seu uso associado à valeriana foi explorado com sucesso num estudo recente para controle da dor em experimentos em laboratório.

Alecrim

O alecrim é uma planta medicinal que possui propriedades anti-inflamatórias e analgésicas, ajudando a aliviar a dor no corpo todo, como artrite e dor de cabeça.

O chá de alecrim é um dos remédios caseiros que traz resultados, ativando as substâncias do alecrim capazes de aliviar a dor.

O salicilato, um composto bastante parecido com a aspirina, é uma dessas substâncias que atua no combate à dor no corpo todo.

Cuide da sua dor no corpo todo em casa

Saiba como produzir seus remédios em casa!

Aprenda a selecionar e preparar diferentes fórmulas para tratar de dor no corpo todo e diversos outros males.
Entre em contato e descubra nossos cursos de medicina natural.